Olá, tenha um Bom Dia! - Quinta-feira, 23 de maio de 2019

Pensamentos - 03

Publicado em: 31/10/2010 13:15:05


"Quando os que mandam perdem a vergonha, os que obedecem perdem o respeito".

 "O milagre da vida é escrever sua história, tendo a certeza que você deixou sua biografia gravada no coração de alguém".

 "Sempre haverá uma caneta para escrever o futuro,  mas nunca haverá uma borracha para apagar o passado".
 
 "Não deixe que ele seja sua asa, no máximo um motivo para voar. Asas não nascem de novo, motivos sim".
 
 "A felicidade é um perfume que não conseguimos derramar nos outros,  sem que algumas gotas caiam sobre nós".
 
 "A primeira metade da vida passa-se a desejar a segunda; a segunda, a recordar a primeira".
 
 "Desejo à você a metade da felicidade do mundo, pois a outra metade já é minha por ter conhecido você".
 
 "Eu não sei qual o segredo do sucesso, mas o segredo do fracasso é tentar agradar a todos".
 
 "Todos nós temos diferentes trilhas na vida, mas não importa aonde vamos, aproveitamos um pouco delas em toda parte. E não se esqueça por onde passar, deixe sempre a semente do amor".
 
 “O tempo é muito lento para os que esperam
Muito rápido para os que tem medo
Muito longo para os que lamentam
Muito curto para os que festejam
Mas para os que amam o tempo é uma eternidade”.
 
 "Não me convença com grandes palavras, mas me surpreenda com pequenas atitudes".
  
"Se algum dia o vento trazido pelas circunstâncias da vida, vier derrubar a árvore da nossa amizade, espero que conserves pelo menos a raiz, pois a verdadeira amizade não morre, apenas adormece nos braços da saudade".
  
"Uma mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou braços, mas aquela cuja aparência é de tal beleza, que não deixa possibilidade para admirar partes isoladas".
  
"Não há dificuldade que o amor não vença, doença que o amor não cure, porta que o amor não abra e saudade que o amor não mate".
 
 "Não preciso me drogar para ser um gênio, não preciso ser um gênio para ser humano, mas preciso do seu sorriso para ser feliz".
 
 "A estrada para o sucesso não é uma reta.
Há uma curva chamada fracasso
Um trevo chamado confusão
Quebra molas chamados família
E pneus furados chamados empregos
Mas se você tiver um estepe chamado Fé
E um motorista chamado Jesus
Você chegará a um lugar chamado Sucesso".
 
 "Receba essa rosa que não podes tocar, junto um beijo que não podes sentir, dessa amiga que não podes ver, mas que tem por ti um carinho que não podes imaginar".
  
"Amizade é tudo aquilo que demonstramos mesmo em silêncio, pois os melhores amigos são aqueles que até no silêncio nos fazem feliz".
  
"Se tua vida depender do meu amor, viverás além da vida, pois lhe amo além do amor".
 
 "Ser feliz não é conseguir o que se deseja, é desejar o que já possui".
 
"Você acredita em amor à primeira vista, ou preciso passar de novo na sua frente?"

 

Frases de Madre Teresa de Calcutá

Publicado em: 24/10/2010 17:27:46


 "Um coração feliz é o resultado inevitável de um coração ardente de amor"

 "A raiz de todos os males é o egoísmo".

 "Não podemos fazer grandes coisas na terra.  Tudo o que podemos fazer são pequenas coisas com muito amor".

"O amor é a fruta da época de todas as estações e está ao alcance de cada mão. Qualquer um pode colhê-lo, sem limites estabelecidos".

"O bem que você faz hoje muitas vezes é esquecido pelas pessoas amanhã. Faça-o assim mesmo".

"O que você passou anos construindo, alguém pode destruir da noite para o dia. Construa assim mesmo".

"Não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz".

"Sei que meu trabalho é uma gota no oceano, mas sem ele, o oceano seria menor".

"Não ame pela beleza, pois um dia ela acaba. Não ame por admiração, pois um dia você se  decepciona.  Ame apenas, pois o tempo nunca pode acabar com um amor sem explicação".

 

Biografia

Madre Teresa de Calcutá, também chamada Beata Teresa de Calcutá, cujo nome verdadeiro é Agnes Gonxha Bojaxhiu, nasceu em Skopje, na Macedônia, em 26 de Agosto de 1910, e faleceu em Calcutá, na Índia, em  05 de Setembro de 1997, com 87, foi uma missionária católica albanesa, nascida na República da Macedônia e naturalizada indiana, beatificada pela Igreja Católica em 2003. Considerada, por alguns, a missionária do século XX, fundou a congregação "Missionárias da Caridade", tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de "Santa das sarjetas".

Agnes Gonxha Bojaxhiu, nasceu em 26 de agosto de 1910, em Skopje, na Macedônia, filha de pais albaneses, numa família de três filhos, sendo duas moças e um rapaz. Embora ela tenha nascido a 26 de agosto, ela considerava o 27 de Agosto, o dia em que foi baptizada, como o seu " verdadeiro aniversário". Frequentou uma escola não católica.

Aos 13 anos, ouviu um jesuíta que era missionário na Índia dizer: “Cada qual em sua vida deve seguir seu próprio caminho”. Tais palavras a impressionaram e se determinou a dar um sentido à sua vida, a entregar-se a serviço dos outros: fazer-se missionária. E já nesta idade procurou o referido jesuíta para saber como fazer isso, ao que o prudente homem respondeu que aguardasse a confirmação do tempo e da “voz de Deus”.
 
Seis anos mais tarde, cada vez mais convicta de sua vocação, solicitou a admissão na Congregação das Irmãs do Loreto que trabalhava em Bengala, mas teve primeiro de aprender a língua inglesa em Dublim. De Dublim foi enviada para a Índia em 1931 a fim de iniciar seu noviciado em Darjeeling no colégio das Irmãs de Calcutá.
 
No dia 24 de maio de 1931, fez a profissão religiosa, e emitiu os votos temporários de pobreza, castidade e obediência tomando o nome de "Teresa". A origem da escolha deste nome residiu no fato de ser em honra à monja francesa Teresa de Lisieux, padroeira das missionárias, canonizada em 1927 e conhecida como Santa Teresinha.
 
De Darjeeling passou para Calcutá, onde exerceu, durante os anos 30 e 40, a docência em Geografia no colégio bengalês de Sta Mary, também pertencente à congregação de Nossa Senhora do Loreto. Impressionada com os problemas sociais da Índia, que se refletiam nas condições de vida das crianças, mulheres e velhos que viviam na rua e em absoluta miséria, fez a profissão perpétua a 24 de maio de 1937.
 
Com a partida do colégio, tirou um curso rápido de enfermagem, que veio a tornar-se um pilar fundamental da sua tarefa no mundo.
 
Em 1946, decidiu reformular a sua trajetória de vida. Dois anos depois, e após muita insistência, o Papa Pio XII permitiu que abandonasse as suas funções enquanto monja, para iniciar uma nova congregação de caridade, cujo objetivo era ensinar as crianças pobres a ler. Desta forma, nasceu a sua Ordem – As Missionárias da Caridade. Como hábito, escolheu o sári, nas cores — justificou ela — "branco, por significar pureza e azul, por ser a cor da Virgem Maria". Como princípios, adotou o abandono de todos os bens materiais. O espólio de cada irmã resumia-se a um prato de esmalte, um jogo de roupa interior, um par de sandálias, um pedaço de sabão, uma almofada e um colchão, um par de lençóis, e um balde metálico com o respectivo número.
 
Começou a sua atividade reunindo algumas crianças, a quem começou a ensinar o alfabeto e as regras de higiene. A sua tarefa diária centrava-se na angariação de donativos e na difusão da palavra de alento e de confiança em Deus.
No dia 21 de dezembro de 1948, foi-lhe concedida a nacionalidade indiana. A partir de 1950 empenhou-se em auxiliar os doentes com lepra.
 
Em 1965, o Papa Paulo VI colocou sob controle do papado a sua congregação e deu autorização para a sua expansão a outros países. Centros de apoio a leprosos, velhos, cegos e doentes com HIV surgiram em várias cidades do mundo, bem como escolas, orfanatos e trabalhos de reabilitação com presidiários.
 
Servindo ao mundo

Ao primeiro lar infantil ou "Sishi Bavan" (Casa da Esperança), fundada em 1952, juntou-se ao "Lar dos Moribundos", em Kalighat.
 
Mais de uma década depois, em 1965, a Santa Sé aprovou a Congregação Missionárias da Caridade e, entre 1968 e 1989, estabeleceu a sua presença missionária em países como Albânia, Rússia, Cuba, Canadá, Palestina, Bangladesh, Austrália, Estados Unidos da América, Sri Lanka|Ceilão, Itália, antiga União Soviética, China, etc.
O reconhecimento do mundo pelo seu trabalho concretizou-se com o Templeton Prize, em 1973, e com o Nobel da Paz, no dia 17 de outubro de 1979.
 
Morreu em 1997 aos 87 anos, de ataque cardíaco, quando preparava um serviço religioso em memória da Princesa Diana de Gales, sua grande amiga e falecida ela própria 6 dias antes, num acidente de automóvel em Paris. Tratado como um funeral de Estado, vários foram os representantes do mundo que quiseram estar presentes para prestar a sua homenagem. As televisões do mundo inteiro transmitiram ao vivo durante uma semana, os milhões que queriam vê-la no estádio Netaji. No dia 19 de outubro de 2003, o Papa João Paulo II beatificou Madre Teresa.
O seu trabalho missionário continua através da irmã Nirmala, eleita no dia 13 de março de 1997 como sua sucessora.
 
Um de seus pensamentos era este: “Não usemos bombas nem armas para conquistar o mundo. Usemos o amor e a compaixão. A paz começa com um sorriso”. Criou as missionárias da caridade, onde todas as freiras iriam ajudar não à ela, mas sim a todos os necessitados.
 
A "noite escura" de Madre Teresa

Uma coleção de cartas dirigidas a uns poucos conselheiros espirituais e recolhidas no livro "Madre Teresa venha, seja minha luz" (Mother Teresa: Come Be My Light) publicado em 4 de setembro de 2007, traduzido e publicado no Brasil pela editora Thomas Nelson, organizado pelo Padre Brian Kolodiejchuk, postulador da causa da sua canonização revelaram, segundo alguns, dúvidas profundas de madre Teresa sobre sua fé em Deus, provocando discussões sobre uma possível posição agnóstica.
Madre Teresa, em suas cartas, descreveu como sentia falta de respostas de Deus.[1] Em 1956 escreveu: "Tão profunda ânsia por Deus - e ... repulsa - vazio - sem fé - sem amor - sem fervor. Almas não atrai - O céu não significa nada - reze por mim para que eu continue sorrindo para Ele apesar de tudo." Em 1959: "Se não houver Deus - não pode haver alma - se não houver alma então, Jesus - Você também não é real.
 
Uma de suas cartas ao Padre Neuner dizia: "Pela primeira vez ao longo de 11 anos - cheguei a amar a escuridão. - Pois agora acredito que é parte, uma parte muito, muito pequena da escuridão e da dor de Jesus neste mundo. O Senhor ensinou-me a aceitá-la [como] um 'lado espiritual de sua obra', como escreveu. - Hoje senti realmente uma profunda alegria - que Jesus já não pode passar pela agonia - mas que quer passar por mim. - Abandono-me a Ele mais do que nunca. - Sim - mais do que nunca estarei à disposição."
No entanto, o texto de suas cartas não deve afetar a campanha por sua santificação, já que a Igreja defende que outros santos também demonstraram dúvidas em relação a sua fé, como por exemplo São Tomé.
 
A crise espiritual
 
Segundo o postulador da causa da canonização de Madre Teresa e autor do livro, a sua crise espiritual começou nos anos 50, logo após a fundação da ordem das Missionárias da Caridade; a partir daí "viveu uma grande fase de escuridão interior que se prolongou até a sua morte". "Sabia que estava unida a Deus, mas não conseguia sentir nada"[2] Este fenômeno é conhecido na tradição e na teologia mística cristã, e foi São João da Cruz quem o chamou de noite escura do espírito, o que considera uma etapa no caminho de alguns santos no caminho de identificação com Deus.
 
Silêncio divino
 
Bento XVI comentando as cartas disse que este silêncio serve para que os crentes percebam a situação daqueles que não acreditam em Deus. Falando sobre as experiências místicas da beata disse que "tudo aquilo que já sabíamos se mostra agora ainda mais abertamente: com toda a sua caridade, a sua força de fé, Madre Teresa sofria com o silêncio de Deus".
 
Antídoto contra o sentimentalismo
 
Kolodiejchuk enxerga na atitude da beata um antídoto contra o sentimentalismo: "A tendência em nossa vida espiritual, e também na atitude mais geral relativamente ao amor, é que o que conta são os nossos sentimentos. Assim a totalidade do amor é o que sentimos. Mas o amor autêntico a alguém requer o compromisso, fidelidade e vulnerabilidade. Madre Teresa não "sentia" o amor de Cristo, e poderia ter cortado, mas levantava-se às 4:30 h. cada manhã por Jesus e era capaz de escrever-lhe: Tua felicidade é o único que quero. Este é um poderoso exemplo, inclusive em termos não puramente religiosos."
 
Santa da escuridão
 
O jornal The New York Times em editorial de 5 de setembro de 2007 assinala que Madre Teresa em uma de suas cartas afirma que se alguma vez chegarei a ser santa, seguramente o serei da escuridão. O editorial cita a jornalista e escritora Flannery O’Connor, católica, que passou por uma difícil enfermidade de natureza degenerativa, que escreveu que existem pessoas que "pensam que a fé é um grande cobertor elétrico, quando é com certeza a cruz". O artigo procura estabelecer um paralelismo entre o sofrimento dessas duas mulheres quando considera que "ambas não falaram sobre o seu próprio sofrimento e continuaram a trabalhar. "Madre Teresa, enferma de nostalgia por um sentido do divino, manteve a fé com os enfermos de Calcutá", conclui o editorial.
 
Michael Gerson, colunista do Washington Post, a respeito da "noite escura" de Madre Teresa, escreve que este fato interior e o contraste externo de sua alegria e sorriso não podem ser considerados como se fosse hipocrisia. Afirma que "Há uma espécie de valentia na perda da ilusão sem perder o coração" e que "a santidade tem que ver mais com obediência que com sentimentos espirituais, que a fé pode coexistir com o sofrimento e a dúvida, que a santidade pode ser mais áspera e mais difícil do que imaginamos".
 
Deus Caritas Est
 
Bento XVI na sua encíclica Deus caritas est, de 25 de dezembro de 2005, "sobre o amor cristão", cita Madre Teresa como exemplo de pessoa de oração e ao mesmo tempo de fé operativa:
A piedade não afrouxa a luta contra a pobreza ou mesmo contra a miséria do próximo. A beata Teresa de Calcutá é um exemplo evidentíssimo do fato que o tempo dedicado a Deus na oração não só não lesa a eficácia nem a operosidade do amor ao próximo, mas é realmente a sua fonte inexaurível. Na sua carta para a Quaresma de 1996, essa beata escrevia aos seus colaboradores leigos: 'Nós precisamos desta união íntima com Deus na nossa vida cotidiana. E como poderemos obtê-la? Através da oração.
 
Beatificação e canonização
 
Foi beatificada em 19 de outubro de 2003, com a ocorrência de um milagre ocorrido com Monica Besra, uma indiana, que foi curada de um tumor no estômago de forma inexplicável e cuja cura foi atribuída a Madre Teresa. Segue em aberto o processo de sua canonização.
 

Frases de VOLTAIRE

Publicado em: 21/10/2010 02:10:11


 "O trabalho pode ser um grande benefício para o homem, pois pode livrá-lo de três grandes males: o tédio, o vício e a fome".

"Pense por si mesmo e dê às outras pessoas o direito de fazer o mesmo".

"As paixões são como as ventanias, que enfurnam as velas do navio. Algumas vezes o submergem, mas sem elas não se pode navegar".

 "Deus não está ao lado dos maiores batalhões, mas de quem atira melhor".

 "Amar e pensar é a verdadeira vida do espírito".

 "A primeira lei da natureza é a tolerância,  já que temos todos uma porção de erros e fraquezas".

 "Ama a verdade, mas perdoa o erro".

"Aos vivos deve-se o respeito. Aos mortos, apenas a verdade".

 "Eu discordo do que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo".

 "Não é nossa condição social, mas a qualidade de nossa alma que nos torna felizes".

 "O maior prazer que alguém pode sentir é o de causar prazer aos seus amigos".

 "O segredo de aborrecer é dizer tudo".

 "Os infinitamente pequenos têm um orgulho infinitamente grande".

 "A perfeição da própria conduta consiste em manter cada um a sua dignidade sem prejudicar a liberdade alheia".

Biografia

François-Marie Arouet, mais conhecido pelo pseudônimo Voltaire, nasceu em Paris, França, em 21 de novembro de 1694, e faleceu também em  Paris em  30 de maio de 1778, com 83 anos,  foi um escritor, ensaísta, deísta e filósofo iluminista francês, conhecido pela sua perspicácia e espirituosidade na defesa das liberdades civis, inclusive liberdade religiosa e livre comércio. É uma dentre muitas figuras do Iluminismo cujas obras e idéias influenciaram pensadores importantes tanto da Revolução Francesa quanto da Americana. Escritor prolífico, Voltaire produziu cerca de 70 obras  em quase todas as formas literárias, assinando peças de teatro, poemas, romances, ensaios, obras científicas e históricas, mais de 20 mil cartas e mais de 2 mil livros e panfletos. Foi um defensor aberto da reforma social apesar das rígidas leis de censura e severas punições para quem as quebrasse. Um polemista satírico, ele frequentemente usou suas obras para criticar a Igreja Católica e as instituições francesas do seu tempo. Voltaire é o patriarca de Ferney.







 

Frases para MSN e ORKUT

Publicado em: 21/10/2010 01:32:22


"Os frágeis usam a força; os fortes, a inteligência"

."Não desanime. Muitas vezes é a última chave do molho que abre a fechadura".
 
 "A paciência é a supremacia do espírito sobre as circunstâncias".
           
"Quando eu te dou o meu tempo, eu estou te dando uma porção da minha vida que eu não vou ter novamente.  Então não o jogue fora".
 
"O esnobismo elevado à décima potência se chama grosseria".
       
"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".
     
"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"É melhor levantar tarde e ficar alerta do que levantar cedo e ficar sonolento o dia inteiro".
    
"Aquele a quem muito foi dado, muito lhe será exigido!"
 
 "Não queira ser bravo, quando basta ser inteligente!"
 
 "Prefira um prejuízo a um lucro desonesto; o primeiro causa aflição no momento, o outro no resto da vida!"
 
"Hoje não sou nada!  Mas amanhã? Então não me julgues hoje, para não ter que te condenar amanhã." (Rodrigo Aragão).
 
"Pior que amar e não ser correspondido, é amar e ser esquecido!" ( Fernando Henrique Souza).
 
"Uma grama de exemplos vale mais que uma tonelada de conselhos".
 
"O amor se torna favorável pelo carinho, não pela autoridade." (Publílio Siro).
 
"As feridas da alma são curadas com carinho, atenção e paz." (Machado de Assis).
 
"O amor é o mestre admirável que nos ensina a ser o que nunca fomos, muitas vezes com suas lições mudam completamente os nossos costumes..."
 
"Os erros de uns são lições para outros, estes acertam porque aqueles erraram." (Marquês de Maricá).
 
"Passamos a amar não quando encontramos uma pessoa perfeita, mas quando aprendemos a ver perfeitamente uma pessoa imperfeita."
 
"Às vezes é melhor ficar quieto e parecer um idiota do que abrir a boca e dar toda certeza."

"O coração é o relógio da vida. Quem não o consulta, anda naturalmente fora do tempo." (Machado de Assis).
 
"A diferença entre o possível e o impossível está na vontade humana." (Louis Pasteur).
 
"Só entendi o valor do silêncio no dia que resolvi calar para não magoar alguém."
 
"Aquele que desperdiça o dia de hoje, lamentando o de ontem, desperdiçará o de amanhã, lamentando o de hoje." (P. Raskin).
 
"Lembrar é fácil para quem tem memória, esquecer é difícil para quem tem coração." (William Shakespeare).
 
"Quando você nasceu, você estava chorando e todas as pessoas ao seu redor estavam sorrindo. Viva de um modo que, ao morrer, você seja aquele que esteja sorrindo enquanto todos a sua volta estejam chorando."
 
"Nada mais lindo, nada mais encantador, que os teus lábios sorrindo, depois de um beijo de amor."
 
"Não deixes que a tristeza do passado e o medo do futuro te estraguem a alegria do presente".

"Nada está no intelecto que não tenha passado antes pelos sentidos".
 

Frases de jogadores de futebol

Publicado em: 18/10/2010 15:49:33


'Chegarei de surpresa dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG.' (Mengálvio, ex-meia do Santos, em telegrama à família quando em excursão à Europa).

'Tive sucesso tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida  humana.' (Nunes, ex-atacante do Flamengo, em uma entrevista antes do jogo de despedida do Zico).

'Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado.' (Jardel, ex-atacante do Grêmio).

'Eu, o Paulo Nunes e o Dinho vamos fazer uma dupla sertaneja.' (Jardel, ex-atacante do Grêmio).

'O novo apelido do Aloísio é CB, Sangue Bom.' (Souza, meio-campo do São Paulo, em uma entrevista ao Jogo Duro).

'A partir de agora o meu coração só tem uma cor: vermelho e preto.' (Jogador Fabão, assim que chegou no Flamengo).

'Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu.' (Claudiomiro, ex-meia do Inter de Porto Alegre, ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu, pelo Brasileirão de 72).

'Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola.' (Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo).

'No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de 15 em 15 dias.' (Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos).

'Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe.' (Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção).

'O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correta, deu um passo a frente..' (João Pinto, jogador do Benfica de Portugal).

'Na Bahia é todo mundo muito simpático. É um povo muito hospitalar..' (Zanata, baiano, ex-lateral do Fluminense, ao comentar sobre a hospitalidade do povo baiano).

'Jogador tem que ser completo como o pato, que é um bicho aquático e gramático.' (Vicente Matheus, eterno presidente do Corinthians).

'O difícil, como vocês sabem, não é fácil.' (Vicente Matheus).

'Haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão.' (Vicente Matheus).

'O Sócrates é invendável, inegociável e imprestável.' (Vicente Matheus, ao recusar a oferta dos franceses)

"A moto eu vou vender e o rádio eu vou dar pra minha avó"
 (Biro Biro, ex-jogador do Corinthians, ao responder a um repórter o que  iria fazer com o "Motoradio" que ganhou como melhor jogador da partida) .

"Eu disconcordo com o que você disse"
 (Vladimir, ex-meia do Corinthians, em uma entrevista à Rádio Record) .

Enágio, jogador do Santa Cruz, quando perguntado se o seu time tinha chance de continuar ganhando seus jogos no Campeonato Brasileiro:
- "Sim , claro, como você sabe o Santinha vem aí numa embalagem muito boa".

Josimar ao ser perguntado o que ele achou do jogo:
- "Bom, eu não achei nada, mas o meu companheiro ali achou uma correntinha, acho que é de ouro, dá para ele vender!"

O volante Mingão, do Noreste de Bauru, se candidatou a vereador, e em um comício, tascou, empolgado:
- "Se eleito, prometo apedrejar todas as ruas da cidade..."

Nunes, aquele, estava deixando o campo contundido. O repórter pergunta se a contusão é grave. Nunes simplesmente responde:
- "Não moço, meu estado não inspira gravidez, não..."

Osvaldo Brandão, um dos grandes técnicos do futebol brasileiro sempre foi avesso a entrevistas. Certa feita, um "inteligente" repórter perguntou:
- Seu Osvaldo, como vai jogar o Corinthians?
Brandão respondeu "na lata":
- "Ora, com calções, camisas e chuteiras..."

A equipe do Inter de Limeira estava deixando o hotel, quando a Gerência parou todo mundo, reclamando que estavam faltando dois cobertores, e que se não aparecessem, ninguém deixaria o hotel. Aí então, Kep, lateral da equipe disse:
- Tá bom, vou devolver o que eu estava levando. Espero que o outro também tenha personalidade e devolva o seu.
Ninguém mais se manifestou. A Gerência resolveu deixar barato e ficou no prejuízo de um cobertor só. Aí, Kep soltou a "pérola" final:
- "Pô... nunca vi tanta falta de personalidade..."

O Santos ia jogar em Viña del Mar, no Chile. No avião, ao lado do zagueiro Aparecido, senta-se uma jovem chilena que, querendo ser amável, pergunta ao nosso craque se le gusta Viña? (gosta de Viña?). Aparecido muito amável responde:
- "Não, não bebo vinho, só refrigerante, e quando estou no peso normal... "

Ferreira, ponteiro maranhense nos brindou com esta "pérola":
- "Finalmente minha mulher ganhou nenê... só que agora esta de sessentena..."

Luciano, jogador do juvenil da Portuguesa Santista, reclamando com o juiz, sobre um gol anulado por impedimento:
- "Seu juiz, juro que o gol foi legível..."

Um dos mais famosos repórteres paranaenses, Paulo Léro, também é famoso por suas gafes, como esta, ocorrida numa entrevista com o presidente do Matsubara:
-" Presidente, é verdade que o senhor está domesticando o seu filho para ser o próximo presidente do clube?

O mesmo Fabio Baiano, num almoço, onde todos comiam uma salutar macarronada, ao ser inquirido sobre o motivo de não estar comendo a macarronada:
- "Estou de regime, e o doutor me proibiu de comer bicarbonato".

Jardel, ex-craque do Grêmio, hoje no Galatassaray de Turquia:
- "Clássico é clássico e vice-versa..."

Esta agora, é bem recente e foi testemunhada por milhões de telespectadores. O autor da pérola foi nosso grande gênio Galvão Bueno, antes do amistoso entre Brasil e Inglaterra, durante a falha na iluminação de Wembley:
- "O juiz deverá adiar a partida para depois..."
Ora, nem na Inglaterra, alguém poderia adiar a partida para antes, não é Sr. Galvão?

Uma das mais famosas "tiradas" do querido Dario, o Dadá Maravilha:
- "Tragam-me a pobremática, que eu chego com a solucionática".

Vicente Matheus, aquele, inquirido por sua secretária:
- Doutor, cachoeira, se escreve com "ch", ou com "x"?
Obviamente ignorando esse pequeno detalhe de ortografia, Matheus limitou-se a responder:
- "Filha, escreve queda d'água, que dá no mesmo..."

Uma das mais famosas de Vicente Matheus:
- "Quero agradecer a Antarctica pelas brahmas que nos enviou..."

"Joia" do locutor Aloisio Parente, descrevendo a inauguração do Estádio Olimpico, de Porto Alegre:
- "O estádio é suntuoso, com uma vista belíssima. Fica quase no centro da Capital. À sua direita, o belo Rio Guaíba, à esquerda, uma das principais avenidas, e, na parte sul, o mais procurado de todos os cemitérios da cidade de Porto Alegre, onde vivem os mortos mais ilustres da cidade".

Kafunga, que foi goleiro do velho Atletico Mineiro, foi promovido a comentarista. Ouvindo um outro coleguinha dizendo que, "se o árbitro tivesse marcado aquele pênalti, o resultado seria outro", respondeu "na lata":
- "Ia, meu prezado, é pretérito do futuro..."

O folclórico goleiro MANGA era famoso por suas "tiradas" inocentes, como por exemplo, quando ele estava parado numa esquina, passando um cortejo fúnebre imenso e um transeunte perguntou quem era o famoso falecido; sem pestanejar, Manga respondeu:
- "Acho que é o que vai no carro da frente..."

Pitico, que jogou no Santos lá pelos anos 70, após acertar a renovação do contrato, voltou para casa , e, respondendo à pergunta de sua esposa sobre se havia acertado tudo certinho, e se já havia assinado o contrato, disse:
- "Assinar, ainda não assinei, mas já acertei tudo bocalmente..."

Da Silva, que jogou por diversos clubes, em sua passagem pelo Vasco da Gama, ao preencher a ficha no hotel, na linha que pedia o local do nascimento, pensou um pouco, e tascou: ""Policlínica da Santa Casa......"

Locutor, transmitindo a inauguração do Autódromo de Brasília:
- Estamos assistindo á inauguração do Hipódromo de Brasília...
Prosseguindo:
- Primeira pole-position para Fittipaldi, segunda pole-position para Nicky Lauda, terceira pole-position, para José Carlos Pace, e assim por diante, até a 15 pole-position...
Para completar as pérolas, ao atender o chamado de outro repórter que avisou estar ao lado do padock, tascou sem pestanejar:
- "Então aproveita, e pergunta ao padock o que ele acha da corrida..."

O locutor Jamil Amorim, foi a Goiânia, transmitir um jogo entre Goiás e Ceub. Devido a um violento aguaceiro, o jogo foi adiado para a noite seguinte. Ao dar a notícia, Jamil tascou:
-" Mas a nossa Rádio Alvorada vai permanecer em Goiânia, e o jogo será realizado amanhã à noite, sem falta, chova ou faça sol..."

Lula, que foi o técnico do Santos no período áureo da Era Pelé, foi autor de frases famosas, tais como:
- Vocês quatro, formem um triângulo no meio do campo.
- Não se desajuntem, vamos jogar indo e vindo.
- Coutinho tem promoção para engordar.
- A saída do Walter Marciano, abriu uma coluna no nosso meio de campo.
- Vamos para Paris, levem suas balizas junto.
- Pepe, vá para cima do lateral, que ele é lento e pesadão.

Vicente Matheus, sempre ele:
- "Vou dar uma anestesia geral para os sócios com mensalidade atrasada".

De um repórter volante, sempre dão suas mancadas:
- "Está fazendo um calor ensurdecedor".