Olá, tenha uma Boa Madrugada! - Sexta-feira, 26 de abril de 2019

FALECEU AOS 82 ANOS O ATOR GAÚCHO WALMOR CHAGAS

Publicado em: 19/01/2013 00:01:28


Morreu nesta sexta-feira, aos 82 anos, o ator gaúcho Walmor Chagas. Dono de uma longa e aclamada carreira, ele deixa um vazio que se estende por teatro, cinema e televisão.
 
Segundo informações do site G1, Chagas foi encontrado morto em seu sítio, em Guaratinguetá, no interior de São Paulo. De acordo com o site, um funcionário ouviu um barulho de tiro e encontrou o corpo do artista caído na cozinha. A Polícia Civil estaria trabalhando com a hipótese de suicídio.
 
Natural de Porto Alegre, Walmor Chagas atuou ao longo de mais de 60 anos, com mais de 40 peças, 20 filmes e 30 novelas no currículo. Entre seus trabalhos mais recentes, estão os longas Cara ou Coroa (2012), de Ugo Giorgetti, e Valsa Para Bruno Stein (2007), de Paulo Nascimento, baseado no livro de Charles Kiefer e filmado no Rio Grande do Sul.
 
Chagas estudava no colégio Júlio de Castilhos, em 1948, quando teve a oportunidade de estrear no palco do Theatro São Pedro, na peça Antígona, de Jean Anouihl. Em 1952, mudou-se para São Paulo, onde fundou, com Ítalo Rossi, o Teatro das Segundas-Feiras. Sua estreia em um longa-metragem viria em 1965, com São Paulo S/A, clássico do cinema brasileiro dirigido por Luís Sérgio Person. A atuação, ao lado de Eva Wilma, lhe rendeu elogios de Luis Buñuel.
 
Na televisão, Chagas estreou em 1974, na novela Corrida do Ouro. O ator diria mais tarde não ter interesse nas novelas:
 
– Só aceito quando me garantem que meu personagem vai morrer rápido – contou em 2008, no Festival de Gramado.
 
Na ocasião, o ator foi agraciado com um Troféu Oscarito. Em 2003, o projeto Histórias Curtas, da RBS TV, homenageou o ator por sua contribuição à produção de cinema e televisão do Estado e do país.
 
A primeira exibição do longa-metragem em Super-8 Deu pra ti, Anos 70, de Nelson Nadotti e Giba Assis Brasil, foi no Festival de Gramado de 1981. Walmor Chagas estava na plateia e ficou tão entusiamado com o que viu que passou a dizer a todos com quem conversava: "O melhor filme deste festival não está em competição, foi feito por uma garotada de Porto Alegre e tem de ser visto". Esse apoio público acabou ampliando a visibilidade do filme, que foi o marco inicial do novo cinema gaúcho revelado ao Brasil nos anos 1980.
 
Além da filha, Walmor deixa duas irmãs, Iara e Jussara, que moram no Estado.
 
Parceria com Cacilda Becker marcou época
 
Walmor Chagas foi casado com a atriz Cacilda Becker (1921 – 1969), um mito do teatro brasileiro. Com ela, teve uma filha, Maria Clara Becker Chagas. O casal e o diretor Ziembinski fundaram, no Rio, o Teatro Cacilda Becker, companhia que encenou, em 1958, O Santo e a Porca, de Ariano Suassuna.
 
Um dos espetáculos que marcaram a carreira do casal foi Quem Tem Medo de Virginia Woolf?, de Edward Albee, em 1965. Quatro anos depois, Walmor e Cacilda encarnaram os protagonistas de Esperando Godot, clássico do teatro moderno, de Samuel Beckett, com direção de Flávio Rangel. No intervalo da peça, Cacilda teve um aneurisma cerebral e jamais voltou à cena.(Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br).

FELIZ ANO NOVO

Publicado em: 31/12/2012 21:24:27


A Web Rádio Recordações deseja aos amigos e amigas, colaboradores e simpatizantes, um Feliz Ano Novo de muita paz, saúde e muitas realizações, e que possamos continuar contando com a sua audiência no ano que se inicia, prosseguindo com o nosso propósito de levar aos ouvintes uma música de qualidade, com conteúdo, que fale de sentimentos, que tenha início, meio e fim, que faça você voltar no tempo e recordar bons momentos, pois afinal, nossa vida é feita de "Recordações". Um grande abraço e um feliz 2013!! Grato. Valmoré Colares.  

MULHER MAIS ALTA MORRE AOS 40, E MAIS VELHA MORRE AOS 116 ANOS

Publicado em: 05/12/2012 13:28:45


A mulher mais alta do mundo, na foto ao lado do irmão mais velho, uma chinesa que media 2,33 metros, morreu na China, informaram autoridades nesta quarta-feira. Yao Defen morreu em 13 de novembro, de acordo com o porta-voz da província de Anhui, onde ela vivia.
 
A causa da morte de Yao não foi revelada. Registrada em 2010 como a mulher mais alta do mundo pelo Guinness, o Livro dos Recordes, ela morreu aos 40 anos.
 
O gigantismo de Yao Defen era provocado por um tumor que afetava sua glândula pituitária e provocava um excesso de hormônios do crescimento. Aos 15 anos, ela já tinha mais de dois metros.
 
Um jornal local afirmou que Yao media 2,36 metros no dia de sua morte. O registro no Guinness, porém, continua sendo 2,33 metros.
 
MULHER MAIS VELHA
 
A notícia da morte de Yao foi divulgada no mesmo dia em que foi anunciada a morte da americana Besse Cooper, considerada pelo Guinness como a mulher mais velha do mundo. Ela tinha 116 anos e morreu em uma casa de repouso nos EUA na terça-feira.
 
Besse Cooper foi considerada pela primeira vez a pessoa mais velha do mundo pelo Guinness em janeiro de 2011. O título foi retirado dela por alguns meses quando se descobriu que a brasileira Maria Gomes Valentim era 48 dias mais velha. O Guinness deu o título de volta a Cooper depois da morte de Maria, em junho de 2011. (Fonte: iG, de 05.12.12).

FALECEU O JORNALISTA JOELMIR BETING

Publicado em: 29/11/2012 04:27:32


O apresentador e comentarista Joelmir Beting morreu por volta da 1h desta quinta-feira, aos 75 anos, informou o Grupo Bandeirantes de Comunicação . 
 
Beting sofreu um Acidente Vascular Encefálico Hemorrágico (AVE) no domingo e, desde então, respirava com a ajuda de aparelhos. O jornalista estava internado, na unidade de saúde da zona sul de São Paulo, desde 22 de outubro, quando deu entrada para tratar de uma doença autoimune.
 
Especializado em economia, Beting assinou, de 1970 a 1991, uma coluna diária na Folha de S.Paulo, jornal em que também atuou como editor. Também teve passagens pelo Estado de S.Paulo e pela Globo News. 
 
Nascido em Tambaú (SP), em 1936, Joelmir Beting já aos sete anos trabalhava nas plantações da família. Incentivado pelo padre Donizetti Tavares de Lima, ele viajou anos mais tarde para a capital paulista, onde deu início à faculdade de Sociologia, na USP, tendo como colegas de turma Francisco Weffort e Ruth Cardoso.
 
A carreira jornalística de Beting começou em 1957, quando, ainda na vida acadêmica, passou a ser repórter esportivo nos jornais O Esporte e Diário Popular e na rádio Panamericana. Já sociólogo formado, em 1962, Beting trocou o jornalismo esportivo pelo econômico, participando como redator de estudos de viabilidade econômica para projetos desenvolvidos por uma consultoria de São Paulo.(Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br, 29.11.12).

FALECEU O ATOR E DIRETOR MARCOS PAULO

Publicado em: 12/11/2012 00:40:54


Faleceu na noite deste domingo (11.11.12), no Rio de Janeiro, o ator e diretor de televisão e de cinema Marcos Paulo. Com apenas 61 anos, ele sofreu uma embolia pulmonar em casa.
 
Foi na Rede Globo que Marcos Paulo consolidou sua carreira, tendo participado do elenco de 37 novelas. Seus últimos trabalhos na televisão foram na direção do programa dominicial da Rede Globo Os Caras de Pau. Como ator, ele teve uma participação especial na novela Desejo Proibido, em 2008, como o doutor Tadeu.
 
Sua primeira novela foi “O morro dos ventos uivantes”, da TV Excelsior, em 1967 – ele tinha 16 anos. Passou ainda pela Record e pela Bandeirantes antes de ir para a TV Globo, em 1970. Na Globo, atuou em dezenas de novelas, com destaque para a primeira versão de “Gabriela”, “Tieta” e “Páginas da Vida”.

Seu primeiro trabalho como diretor foi na novela “Dancin’ Days”, de 1978. Seu principal trabalho como diretor de novelas foi em “Roque Santeiro”, de 1985. No cinema, seu único trabalho como diretor foi em “Assalto ao Banco Central”, de 2010.
 
Marcos Paulo sofria com um câncer no esôfago. O tumor foi diganosticado em maio de 2011, seis meses após o ator e diretor ter feito exames periódicos. Fumante, o cigarro pode ter sido o principal causador da doença.
 
Nascido em São Paulo, Marcos Paulo foi casado com as atrizes Flávia Alessandra e Renata Sorrah e namorou uma modelo italiana. Atualmente, estava casado com Antônia Fontenelle. Deixa três filhas.